Conheça o bairro da Pompéia

Ainda na nossa série sobre os bairros de Santos, hoje vamos falar um pouco sobre o bairro da Pompéia.

Originalmente, o bairro era chamado de José Menino e se estendia desde a divisa com São Vicente até o bairro do Gonzaga, porém aquele miolo entre os canais 1 e 2 já era chamado de Pompéia pelos moradores locais e pelas imobiliárias, em referência a Igreja de Nossa Senhora do Rosário da Pompéia, localizada na região central do bairro.

Em meados dos anos 90 o prefeito Beto Mansur, atendendo aos apelos da população, resolveu incluir as reivindicações no projeto do Plano Diretor da cidade, e em 1998 o projeto foi aprovado pela Câmara Municipal de Santos, surgindo assim o bairro da Pompéia.

Por muito tempo o bairro abrigou a UNISANTOS (Universidade Católica de Santos) com os cursos de Comunicação Social (Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda), Letras, Filosofia, História, Serviço Social e Biologia. Em 2011 a Faculdade foi demolida e em seu lugar serão erguidos dois edifícios residenciais.

A Pompéia é conhecida por ser um bairro residencial, mas ainda sim tem sua vida comercial ativa, com bares, restaurantes, pousadas, pensões, supermercados, empório e lanchonetes.

Não poderíamos deixar de mencionar os monumentos localizados na orla da praia, que também fazem parte do bairro, são eles o Monumento ao Surfista que é uma homenagem aos pais do surfe brasileiro Osmar Gonçalves e Thomas Rittscher, e o Monumento a Cristóvão Colombo. Em frente ao monumento, foi fundada a Escolinha Radical da Prefeitura Municipal de Santos, primeira escolinha de surf do Brasil, que ensina gratuitamente a arte do surf para crianças, adultos e idosos.