Preço médio dos imóveis tem primeira queda nominal desde 2008

Nenhuma das cidades registrou variação superior à inflação no acumulado de 2015, ou seja, todas registraram queda real no período
Predios-em-construção-para-venda-em-santos
O preço médio do metro quadrado dos imóveis anunciados para venda registrou baixa entre julho e agosto deste ano, segundo o Índice FipeZap, que acompanha a variação de preços do mercado imobiliário de 20 cidades brasileiras. Essa é a primeira queda nominal registrada pelo índice desde sua criação, em janeiro de 2008.
O índice mostra o comportamento dos preços dos imóveis anunciados para venda na internet, mais especificamente no site Zap Imóveis. Por isso, ele serve apenas como um indicador e pode não refletir exatamente as variações nos preços das regiões analisadas.
Nos sete primeiros do ano, o índice registra alta de 1,50%. Como a inflação esperada pelo IBGE para o IPCA no mesmo período é de 7,1%, é possível dizer que o metro quadrado dos imóveis apresenta uma queda real de 5,2% entre janeiro e agosto.
A queda real é registrada quando o preço de um determinado bem, como é o caso dos imóveis, registra variação inferior à alta generalizada de preços, medida por índices inflacionários, como o IPCA.
Nos últimos 12 meses encerrados em agosto, a variação nos preços foi de 3,32%, o que representa uma queda real de 5,69% no período, já que a inflação esperada para o mesmo intervalo é de 9,56%, segundo estimativas do IBGE. Essa foi a oitava vez seguida que o indicador apresentou queda real nessa base de comparação.
Nesta semana foi divulgado também o Boletim FipeZap, relatório trimestral também elaborado pela Fipe e pelo Zap Imóveis, que faz uma análise mais aprofundada sobre o cenário do mercado imobiliário. De acordo com o boletim, as projeções indicam que em junho de 2016 os preços dos imóveis devem retornar ao patamar de 2011 (confira os dados do relatório).

 

 

Fonte: Observador do Mercado